00 / Pele - Óleo e Acne (uma bela receita)

rawpixel | @rawpixel
Essa postagem e as duas próximas são as que terão o desenvolvimento mais lento, pois precisam de um acompanhamento médico e por motivos óbvios eu utilizo o serviço público de saúde. Todos sabem como ele funciona, ainda mais em fim de ano. Apesar disso, pretendo correr atrás para que a frequência de postagem nessa tag seja aceitável. Valeu galerinha <3
Assim como meu cabelo, minha pele sempre foi cuidada pelas mãos de Deus (kkk). Nunca tive um tratamento muito especial com ela e é óbvio que isso não poderia acabar bem.
Chegou a puberdade e os hormônios gritando a todo vapor e aconteceu comigo o que acontece com todos os adolescentes: espinhas e mais espinhas. A partir disso comecei uma rotina nada saudável: enchia a cara de maquiagem pra tampar as espinhas, não tirava nunca e no outro dia acordava com mais espinhas ainda e aumentava a quantidade de maquiagem pra esconder o problema. Fora isso comecei a ter muitos pelos encravados (foliculite) por conta dos meus pelos em todo o corpo.
Fui no médico tratar do problema? Claro que não! 
Aqui estou eu com 21 anos de idade, com poros do rosto mega dilatados (porque o pelo tenta sair, não encontra passagem, inflama e acaba estourando a minha pele), meu tipo de pele é super oleoso e com umas espinhas (e eu vivo estourando elas) e continuo me entupindo de maquiagem e não tirando ela antes de dormir (mesmo sabendo como isso é errado).
Uma visita a dermatologista é necessária pra eu entender um pouco mais do meu organismo. Por causa desse desleixo e falta de tempo, acabei ganhando umas cicatrizes bem feias na região interna da coxa e isso dói física e psicologicamente em mim, pois a pele está sempre repuxando, com furúnculos por conta da foliculite e muito marcada.

Fique ligado nas próximas postagens para saber quais foram os outros passos para uma melhora nesse lado da minha vida.

Comentários